Início » Onde há crise, há esperança

Categoria: Onde há crise, há esperança

Artigo
Onde há crise, há esperança: 28 fevereiro 2022

Onde há crise, há esperança: 28 fevereiro 2022

Instruir, ensinar e educar são coisas bem diferentes. Instruir é encher, o computador é muito instruído! Ensinar é captar sinais, fazer ligações, o cãozinho pode ser ensinado a ir ao caixote. Mas educar é fazer desabrochar a vida, para que, desenvolvendo-se, dê fruto. O que faz a nossa escola? Há pessoas instruídas e nada educadas....

Artigo
Onde há crise, há esperança: 27 fevereiro 2022

Onde há crise, há esperança: 27 fevereiro 2022

Não se pode confundir felicidade com facilidade. A felicidade não cai do céu, é luta e dá trabalho. É Graça, também! A felicidade cristã tem três “efes”: fé, fidelidade e fecundidade! Fé, que é confiança em Deus. Fidelidade que é nunca desistir de alcançar o que se propôs. Fecundidade que significa abertura ao que Deus...

Artigo
Onde há crise, há esperança: 23 fevereiro 2022

Onde há crise, há esperança: 23 fevereiro 2022

A sexualidade humana é muito mais que uma necessidade ou ritmo biológico. Essencialmente diferente da do animal, além de biológica é psicológica, social, cultural e espiritual. Não se entende senão no quadro do afecto, em processo de maturidade, sob pena de ficar infantil. O ser humano, em todas as suas dimensões, experimenta-se como “um ser...

Artigo
Onde há crise, há esperança: 15 fevereiro 2022

Onde há crise, há esperança: 15 fevereiro 2022

Parece-me cada vez mais urgente uma formação sobre o sentido profundamente humano da vocação de família – mais do que casar, de fundar uma família! Antigamente era mais fácil fazê-lo. Há pessoas que casam porque querem fazer uma experiência de auto-satisfação e não com um sentido de missão, que é antes de mais nada social,...

Artigo
Onde há crise, há esperança: 14 fevereiro 2022

Onde há crise, há esperança: 14 fevereiro 2022

As pessoas têm uma grande dificuldade de fazer compromissos a longo prazo. É uma nota da nossa sociedade que precisa de ser enfrentada. Com tantas mudanças e tão rápidas com tantas rupturas, com toda a instabilidade de emprego, sempre precário, é difícil formar uma consciência de compromisso. Não é só no casamento, é em tudo!...